Estratégia do Oceano Azul no comércio eletrônico

A competição no e-commerce é cada vez maior e criar uma Estratégia do Oceano Azul no Comércio Eletrônico e uma das formas de não só de sobrevivência nesse mercado, como também uma forma de se destacar entre as centenas de lojas virtuais que surgem a cada dia no Brasil.

É interessante avaliar a velocidade das coisas na internet. Falar em uma estratégia do oceano azul no e-commerce, há bem pouco tempo atrás seria completamente fora de propósito, pois o mercado estava “apenas surgindo”. O fato é que o comércio eletrônico cresce a passos largos e já se impõem como ferramenta essencial à sobrevivência e crescimento de qualquer empresa que esteja ou deseje ingressar no varejo online

O que é Oceano Azul no E-commerce?

Nosso posicionamento sobre a estratégia do Oceano Azul no comércio eletrônico é baseado no livro best-seller “A estratégia do Oceano Azul – Como criar novos mercados e tornar a concorrência irrelevante”. Nele, os autores mostram que nos negócios, sejam eles físicos ou online, existem dois tipos de oceanos empresariais.

  • Oceano Vermelho – Um ambiente negocial onde o espaço de mercado existente e com limites bem definidos, onde a concorrência é predatória e acirrada, como no e-commerce atual;
  • Oceano Azul – Um cenário onde mercados novos e sem limites conhecidos, são criados, e onde a concorrência é praticamente nula.

Em síntese, para criar um Oceano Azul para sua loja virtual, você precisa analisar o cenário em que está, ou irá entrar, e como poderá acrescentar sua diferenciação através da elevação da Curva de Valor do seu negócio.

O que é a Curva de Valor no comércio eletrônico

A Curva de Valor de uma loja virtual, segundo o livro, é composta pelo conjunto de valores comuns ou não a um determinado segmento econômico que formam a base da sua proposta e modelo de negócio.

Curva de valor da análise de empresas no segmento de e-commerce
Curva de valor da análise de empresas no segmento de e-commerce

O segredo da Estratégia do Oceano Azul é justamente criar novos mercados através de soluções que maximizem as oportunidades e minimizem ou eliminem os esforços em áreas que não acrescentam valor real ao negócio.

Fica então a questão: Como criar uma Estratégia do Oceano Azul para o Comércio Eletrônico?

Como criar uma Estratégia do Oceano Azul para comércio eletrônico

Em primeiro lugar leia o livro para poder entender o conceito como um todo. Em segundo lugar, comprometa-se a só voltar a pensar em seu projeto de e-commerce após terminar de ler o livro, ou se não resistir, anote suas avaliações sobre o livro e seu projeto em algum lugar para poder pesquisar mais tarde.

O terceiro passo seria reexaminar a sua proposta de criação de um e-commerce. De que forma seus planos e percepções iniciais foram afetados pela leitura?

Você verá que o e-commerce brasileiro vive um verdadeiro momento de Oceano Vermelho, já que a maioria das lojas virtuais, estão indo pelo mesmo caminho. Um movimento muito parecido com o boom dos sites de compras coletivas em 2011. Esse filme já foi visto recentemente e nós sabemos o final.

As pequenas e médias empresas no e-commerce precisam encontrar o seu lugar através da segmentação e diferenciação no serviço, já que vender pela Internet atualmente é muito mais prestação de serviço no e-commerce do que simplesmente a atividade mercantilista.

Muitos empresários acham que para abrir uma loja virtual de sucesso basta copiar um determinado e-commerce que está se destacando. Esse é um erro fundamental. Não se consegue agregar valor nenhum a um negócio simplesmente copiando um sistema pré-existente. Criar uma verdadeira  Estratégia do Oceano Azul no E-commerce é racionalizar recursos e inovar para tornar a concorrência irrelevante.

É claro que existem alguns protocolos do e-commerce que por uma questão de usos e costumes já se tornaram itens obrigatórios em qualquer estrutura, portanto, não se trata de copiar, mas até mesmo estes precisam ser pensados.

Criar uma Estratégia do Oceano Azul no comércio eletrônico significa romper com paradigmas, mas antes de tudo significa criar novos mercados. O que acha de incorporar esse propósito ao seu projeto de e-commerce?

Por Alberto Valle

Conheça o Guia de E-commerce

Estratégia do Oceano Azul no e-commerce
Avalie este artigo