Será que vale a pena abrir uma franquia? Essa é uma dúvida que ronda a cabeça de muitos empreendedores e muitas vezes é esquecida ou convenientemente ignorada. Veja neste artigo algumas ponderações sobre a validade de abrir uma franquia ou criar uma marca própria.
Será que vale a pena abrir uma franquia? Essa é uma dúvida que ronda a cabeça de muitos empreendedores e muitas vezes é esquecida ou convenientemente ignorada. Veja neste artigo algumas ponderações sobre a validade de abrir uma franquia ou criar uma marca própria.

Vale a pena abrir uma franquia? Veja algumas considerações a respeito

Atualmente muita gente se pergunta se vale a pena abrir uma franquia ou seria melhor partir para a opção de um negócio próprio independente. Esse é um questionamento que merece algumas considerações antes de uma resposta pronta.

É claro que para quem está iniciando um negócio, optar por abrir uma franquia traz uma série de benefícios, mas o problema está em avaliar se esses benefícios valem o que é cobrado pelo franqueador.

A bem da verdade, no final das contas a discussão gira bem menos em torno de se vale a pena abrir uma franquia e muito mais no questionamento de o valor pago pela taxa de franquia, por exemplo, é justo ou não.

Neste artigo vamos discutir alguns pontos a serem analisados, não só em relação a opção entre comprar uma franquia ou desenvolver uma marca própria, como também o grau de risco do investimento em alguns modelos de franquia.

As vantagens do modelo de franquia

De forma geral, quando um novo empreendedor que deseja montar o seu próprio negócio nos pergunta se vale a pena abrir uma franquia, respondemos que sim, em virtude de algumas vantagens que este modelo de negócio oferece, principalmente para quem está iniciando.

Muitas vezes, aqui mesmo no Empreendedores Web, enaltecemos as vantagens de se abrir uma franquia, principalmente porque, neste modelo de negócio, o franqueado conta com o know-how do franqueador, o que é uma grande vantagem para os novos empreendedores.

O fato é que em alguns segmentos a formatação de uma franquia é bem complicado e além do mais, em alguns casos, existem rotinas e tecnologia envolvidas, que ou seriam de difícil implementação, ou então, teriam um custo muito elevado para o desenvolvimento.

Algumas franquias são grandes e de difícil formatação, com vários “segredos” do sucesso dos seus produtos e serviços, mas outras são simples o suficiente para que a compra de um sistema caro pode não valer apena.

  Leia o artigo Motivos Para Abrir Uma Franquia

Franquia ou startup?

Vale a pena abrir uma franquia? Participe dessa discussão
Vale a pena abrir uma franquia? Participe dessa discussão

Algumas empresas sofrem do que se pode chamar de “crise de identidade”. Elas não sabem se são na verdade uma franquia ou uma startup.

Digo isso porque é cada vez mais comum vermos empresas, recém inauguradas, partirem imediatamente para o modelo de franquia.

Não que isso não possa ser feito, mas para transformar uma empresa em franquia, em primeiro lugar, é preciso acumular experiência no negócio. Oras, se a empresa abriu há pouco tempo, é claro que a experiência ainda não foi acumulada, então o que o franqueador está oferecendo? Uma boa ideia?

Vender uma franquia é uma coisa, já, vender uma boa ideia é outra. No primeiro caso, chamamos de franchising e no segundo de startup. O problema é que algumas startups, até bem intencionadas, se lançam como franquias e na verdade não possuem know-how algum a oferecer, apenas uma boa ideia.

Essa crise de identidade também afeta o valor do negócio. Em uma franquia, temos um negócio estabilizado, de baixo risco e com um potencial de crescimento bem definido. No caso da startup, é tudo risco!

Não importa se a startup desenvolveu todo um projeto antes do seu lançamento. O fato é que ela não foi submetida ao teste mais realista e cruel de um negócio. O teste do mercado. A etapa de validação da ideia é válida, mas a validação verdadeira se dá com o tempo.

Fica então a pergunta: Será que vale a pena abrir uma franquia oferecida por uma empresa nesta situação? Cabe a você avaliar.

Vale a pena abrir uma franquia em que o modelo é facilmente copiado?

Uma outra ameaça ao modelo de franquia é a facilidade de cópia do modelo de negócio. Temos visto nos últimos anos, boas ideias de negócios surgirem e se transformarem em franquias, como por exemplo, as franquias de manutenção doméstica.

O problema é que em termos de tecnologia, essas franquias não traziam muita coisa nova para o mercado e o modelo de negócio era facilmente copiável. O resultado é que você paga uma taxa de franquia para iniciar o seu negócio, e um outro cara ao lado, abre o mesmo tipo de negócio sem ter que pagar nada a ninguém, simplesmente copiando o modelo.

Uma franquia, para valer realmente o investimento em licenciamento, tem que possuir um “pulo do gato” que não possa ser copiado, seja ele em relação a métodos, produtos ou preço. Sem isso, o modelo de negócio se torna preza fácil para os copiadores.

Também nesse caso fazemos a mesma pergunta feita no item anterior. Vale a pena abrir uma franquia, pagando um determinado valor como taxa e ver o negócio ser copiado pelo concorrente que não pagou nada por isso?

   Leia o artigo Características das Franquias de Sucesso

As amarras do negócio

Existem franquias que valem realmente a pena adquirir, notadamente aquelas com uma marca forte, tradição no mercado e um suporte eficiente, com treinamentos constantes e atualizações de produtos e serviços.

Infelizmente essas condições nem sempre são vistas em muitas franquias que surgiram no mercado nos últimos tempos. Basta fazer uma pesquisa no Reclame Aqui e você verá vários empreendedores reclamando muito dos franqueadores.

A realidade é que muitas franquias realmente criam uma marca forte, apoiadas em campanhas de marketing intensivas e com isso ganham destaque aos olhos dos novos empreendedores. O problema é que a força do negócio acaba aí.

Muitos franqueados reclamam do marketing específico para suas unidades e até mesmo do engessamento que sofrem em termos de divulgação do negócio. Muitas marcas acreditam que somente o franqueador sabe criar ações de marketing eficientes.

A pergunta é: Vale a pena abrir uma franquia e ficar amarrado a uma estrutura de marketing totalmente engessada e controlada pelo franqueador, ou seria melhor desenvolver sua própria marca e chamar para si, ou para uma agência de marketing, a divulgação do negócio.

Como você pode ver existem diversos pontos a serem analisados quando o questionamento passa por se vale a pena abrir uma franquia ou montar sua própria marca. É bom avaliar cada ponto para depois não se arrepender ou então investir uma valor que poderia ser voltado para o desenvolvimento da sua própria marca. Mantenha-se atualizado assinando nosso Boletim Informativo.

No votes yet.
Please wait...

1 COMENTÁRIO

  1. Gostei da matéria mas gostaria de fazer um comentario pois o cenário econômico no Brasil impele a vários assalariados a buscarem uma opção de independência entretanto como foi muito bem dito na artigo “cuidado com as armadilhas”.
    Parabéns … eu estou quase partindo para uma franquia, estou pensando…

DEIXE UMA RESPOSTA