Veja nesta matéria quais são os riscos de abrir uma franquia e o que você pode fazer para evita-los. Confira os principais pontos de um projeto para abertura de franquia que podem colocar em risco o seu negócio.
Veja nesta matéria quais são os riscos de abrir uma franquia e o que você pode fazer para evita-los. Confira os principais pontos de um projeto para abertura de franquia que podem colocar em risco o seu negócio.

Os riscos de abrir uma franquia – Como avaliar e fugir dessas armadilhas

Conhecer exatamente quais são os riscos de abrir uma franquia é um grande passo em direção ao sucesso do negócio, pois terá mais subsídios para escolher as melhores opções disponíveis no mercado.

O risco sistêmico do negócio

Entre os riscos de abrir uma franquia está o que em análise de investimentos chamamos de Risco Sistêmico do Negócio, ou seja, aquele do qual você não tem como escapar. Embora isso pareça algo meio fatalista, existe ainda a opção de escolher a franquia que apresente o menor risco sistêmico.

Franquias que dependem de variáveis econômicas que fogem ao seu controle, como oscilação do dólar, ou franquias extremamente sazonais, tendem a oferecer um risco maior. Outro fator que potencializa o Risco Sistêmico são as franquias “da moda” que podem de uma hora para outras perder o seu charme.

Análise financeira da viabilidade da franquia

Outro fator de risco na abertura de uma franquia é não fazer uma análise de viabilidade financeira adequada. Muitos empreendedores acreditam que o capital exigido é apenas aquele descrito pelo franqueador, mas acabam descobrindo que será necessário muito mais, comprometendo assim seus recursos.

Na documentação apresentada pelo franqueador, via de regra, existem diversas informações sobre a necessidade de capital, mas sabemos que cada caso é um caso. Por isso faça uma análise de viabilidade financeira da franquia o mais realista possível, levando em conta fatores regionais de mercado e outros.

Prazo de retorno do investimento

Outro dos riscos de abrir uma franquia é uma análise equivocada do prazo de retorno do investimento. Muitos empreendedores baseiam seu fluxo de baixa em expectativas muito otimistas que acabam não se concretizando e colocando em risco o projeto.

Trabalhe sempre com o prazo máximo de retorno informado pela franquia e também verifique a validade dessa informação com outros franqueados. Dessa forma, você pode reduzir sensivelmente o risco de estar fazendo uma previsão otimista demais.

Saturação do mercado e autofagia entre unidades

Entre os riscos de abrir uma franquia, um dos que muitas vezes passa desapercebido é o de saturação do mercado. É claro que a competição entre as diversas unidades da rede sempre haverá, mas a marca não pode deixar que isso se transforme em um cenário autofágico que acabe por prejudicar o sistema como um todo.

Algumas marcas acabam por permitir a instalação de muitas franquias em uma área demográfica pequena, o que acaba originando esse tipo de problema. Por isso, verifique na Circular de Oferta de Franquia – COF, qual é a política da empresa para distribuição de unidades por regiões.

Os riscos na abertura de uma franquia - Veja quais são e como evitá-los

Atenção nos termos do contrato

Outro dos riscos de abrir uma franquia é não analisar detalhadamente, e de preferência assessorado por um advogado, Circular de Oferta de Franquia e principalmente o Contrato de Franquia, documentos fundamentais para a estrutura jurídica do negócio. A empolgação do início do negócio deve dar lugar à prudência.

É importante ter um advogado nesta hora para lhe ajudar na interpretação das cláusulas que o compõem. Se achar que a relação comercial está desprotegida ou que beneficia muito mais o franqueador do que você, se ele não ceder, a solução é simples: Não assine e parta para outra opção.

Falta de suporte do franqueador

Um dos principais riscos de abrir uma franquia é descobrir mais lá na frente que o franqueador não presta o suporte que você imaginava. Isso realmente compromete o sucesso do negócio e muitas vezes acaba por inviabilizá-lo. Avaliar o franqueador é uma responsabilidade sua.

Por isso, é preciso pesquisar muito bem o histórico da franquia, tanto entre franqueados, quanto, por exemplo, na Internet, através de buscas sobre franqueados da marca com a qual você pretende se associar e até mesmo em sites como o Reclame Aqui.

Cuidado com a escolha do ponto comercial

A escolha do ponto comercial é outro dos riscos para quem deseja abrir uma franquia. Como em qualquer outro comércio, uma franquia precisa de um ponto comercial de alta exposição e de preferência um bom trânsito de pessoas. Por isso, analise muito bem essa questão.

Além da sua análise crítica, é também possível pedir suporte ao franqueador para tomar essa decisão. Muitos franqueadores oferecem suporte na análise e escolha do ponto comercial, inclusive em relação aos termos do contrato e outros detalhes importantes.

   Leia o artigo Como Escolher Um Ponto Comercial Para Sua Franquia

Mantenha-se informado sobre outras análises sobre os riscos de abrir uma franquia e outros assuntos de interesse dos empreendedores do franchising assinando a Newsletter do Empreendedores Web.

Salvar

Salvar

Salvar

Rating: 5.0. From 2 votes.
Please wait...

DEIXE UMA RESPOSTA