Veja nesta matéria quanto custa montar uma loja virtual e veja que é possível abrir um e-commerce mesmo sem ter um capital muito alto para iniciar os negócios. Conheça as opções disponíveis para quem deseja ingressar no comércio eletrônico.
Veja nesta matéria quanto custa montar uma loja virtual e veja que é possível abrir um e-commerce mesmo sem ter um capital muito alto para iniciar os negócios. Conheça as opções disponíveis para quem deseja ingressar no comércio eletrônico.

Quanto custa montar uma loja virtual – Uma estimativa do investimento inicial

Muitas pessoas me perguntam quanto custa montar uma loja virtual e sempre respondo que não se pode ter uma resposta sem antes fazer uma análise mais detalhada sobre esta questão.

Atualmente montar uma loja virtual não é um investimento caro, muito pelo contrário, é bem menor do que uma loja física. Mas também não é algo que se possa fazer sem qualquer investimento inicial, como muitas pessoas, vendedoras de ilusão dizem por ai.

Em primeiro lugar, para você saber quanto custa montar uma loja virtual é preciso  definir o que você pretende fazer e analisar alguns pontos básicos que influenciam diretamente os custos de um projeto de e-commerce.

De uma maneira realista, para determinar o custo de uma loja virtual, é preciso entender que os custos de um e-commerce não se resume simplesmente à loja virtual em si, mas envolve vários outros fatores que são igualmente importantes.

Determinando os custos para criação de um e-commerce

Para definirmos de forma correta e saber quanto custa montar uma loja virtual, primeiramente devemos dividir estes custos pelas várias dimensões que envolvem o negócio. De um modo geral, classificamos estes custos em três categorias:

  • Custos estruturais de plataforma e outros recursos de TI
  • Custos de divulgação da loja virtual
  • Custos operacionais

A maioria das pessoas erram nas projeções por direcionar uma maior importância a questão da aquisição da plataforma de e-commerce e deixando os dois outros fatores em segundo plano.

Sempre recomendamos em nosso curso sobre criação de lojas virtuais  que a destinação dos recursos seja feita na proporção de  trinta por cento do capital disponível para a compra da plataforma e o restante para as outras etapas.

O custo da plataforma de e-commerce

Vamos determinar o custo da plataforma de e-commerce, o coração do negócio. Esse custo  vai depender muito do tamanho do negócio que pretende montar e dos recursos que você irá precisar.

Nem pense em  loja virtual grátis, pois na verdade isso não existe. Haverá sempre um custo oculto no final das contas. A conversa que você pode montar uma loja virtual completa é mais uma das mentiras sobre negócios online que andam por ai.

Para montar a sua loja virtual, você terá na verdade três opções de plataformas:

  • Plataformas open source
  • Plataformas alugadas – SaaS
  • Plataformas exclusivas

As plataformas de e-commerce open source, que possuem sistemas de código livre e que se pode baixar, instalar e configurar, existem várias opções disponíveis no mercado.

Veja quanto custa montar uma loja virtual
Veja quanto custa montar uma loja virtual

Pode parecer simples, mas na verdade é preciso ter um conhecimento de programação muito bom para poder instalar os sistemas corretamente, principalmente os mais sofisticados como o Magento. Nem se iluda, você vai precisar contratar um programador ou empresa especializada.

Para se ter uma ideia de quanto custa ter uma loja virtual utilizando a plataforma  Magento Commerce, um profissional de boa qualidade ou uma empresa especializada cobra em torno de R$ 6.000, só para instalar e configurar o sistema.

Para as  lojas virtuais alugadas, a diferença nos preços é muito grande. São inúmeros fornecedores com as mais diversas propostas, e portanto é preciso analisar em detalhes cada uma para não errar na escolha. Vários fatores devem ser  levados em consideração.

  Veja mais detalhes no artigo Como Escolher uma Plataforma de E-commerce

Podemos adiantar que para quem quer saber o quanto vai gastar para montar uma loja virtual com uma plataforma de e-commerce alugada,  o  valor inicial é por volta de R$ 30,00 podendo chegar até mais de R$ 8.000 nos modelos mais sofisticados. Esse é um bom caminho para quem deseja montar uma pequena loja virtual.

Para vocês, uma importante dica. Não podemos escolher uma plataforma de e-commerce pelo preço, mas pelas funcionalidades e outros quesitos técnicos que ela oferece. O fundamental é solicitar um orçamento para plataforma de e-commerce a vários fornecedores e analisar bem as suas propostas. Clique aqui e veja uma relação de fornecedores de plataformas no Brasil.

A última opção seria uma plataforma exclusiva. Para esse caso, não há como dizer qual é o patamar de preço, pois o orçamento depende de inúmeros fatores. Podemos adiantar  que este é um  investimento alto e por isso é pouco aconselhável para quem está iniciando.

  Complemente sua leitura com o artigo Empresas Que Fazem Lojas Virtuais

Montada a loja é hora de divulgar o negócio

O maior custo está na divulgação de sua loja virtual, do seu negócio. Como dizia Jerry Young, um dos fundadores do Yahoo, um site que não é divulgado seria como um outdoor no porão de uma casa, ninguém vê. Por isso, é que em nossos treinamentos sempre indicamos que seja alocada uma verba maior para essa etapa, a da divulgação da loja virtual.

Temos algumas áreas que não  podemos de forma alguma deixar de lado em uma estratégia de marketing online, principalmente no caso do e-commerce:

  • SEO – Otimização de sites para ferramentas de busca
  • Links Patrocinados – Anúncios pagos no Google e outros canais
  • E-mail marketing
  • Redes sociais

O custo de divulgação da loja virtual

O famoso tiro no pé, é quando montamos um e-commerce e não nos preocupamos com a divulgação da loja virtual. Se em uma loja física todos se preocupam com a propaganda, porque não fazer o mesmo quando o assunto é a divulgação de uma loja virtual. Elas precisam sim de muita divulgação seja através de estratégias de SEO ou SEM. Se você não for listado(a) em ferramentas de busca – ver artigo – em posições de destaque, irá comprometer e muito o sucesso do negócio.

Hoje em dia, o marketing digital desempenha um papel fundamental em um plano de negócios para qualquer projeto de e-commerce. Relevar essa variável de custo da loja virtual é não levar a sério o seu próprio projeto. Em qualquer planejamento a verba deve ser destinada com muito critério, pois nos primeiros momentos será bastante intenso o uso do marketing digital na divulgação da loja .

Treinamento em comércio eletrônico é investimento

Quanto custa montar um e-commerceO profissionalismo para se gerenciar uma loja virtual está ficando cada vez mais determinante para acompanhar essa evolução.

Não pense de forma alguma em uma  solução barata a de passar a administração da loja para “a menina que cuida da contabilidade e que sabe de Internet”.

Ela pode sim, ter capacidade para isso, mas em termos de comércio eletrônico é necessário muito mais que conhecimento sobre navegação na rede.

É fundamental conhecer os mecanismos do e-commerce, não somente para gerenciar o negócio, mas para poder identificar oportunidades e se prevenir contra as ameaças do mercado.

Para o sucesso desse projeto, tanto o treinamento na etapa de planejamento para a implementação da loja virtual, quanto na etapa de operacionalização do software de gestão, otimização da loja para ferramentas de busca, monitoramento dos acessos – Google Analytics – e outras funções é essencial. Treinar e aperfeiçoar o pessoal é um item importante da estrutura de custo de uma loja virtual.

Custos operacionais

Existem outros custos que também afetam o resultado do negócio e que não podemos deixar de lado. Por exemplo, a logística que cada vez mais tem um papel decisivo para uma loja virtual ter sucesso. É por isso, que quando falamos, quanto custa montar uma loja virtual, não podemos deixar de levar em consideração os custos da entrega dos produtos vendidos. Há vários fornecedores de serviços de logística para o e-commerce, portanto pesquise e analise o qual pode lhe oferecer as melhores condições de custo e prazo de entrega.

Os aspectos fiscais são também de muita importância e não podem ficar de lado. A tributação no comércio eletrônico deve ser minuciosamente detalhada e saber qual o regime fiscal seria o mais indicado para o seu ramo de atividade. Como em qualquer negócio, uma loja virtual também está sujeita ao pagamento de impostos como o ICMS e outros. Portanto estes são fatores que não dispensam atenção.

É necessário antes de tudo elaborar seu planejamento para depois fazer um orçamento do projeto e então saber o quanto custa montar uma loja virtual. Mantenha-se atualizado sobre esse e outros assuntos relacionados ao e-commerce, assinando nosso Boletim Informativo.

Por Alberto Valle, diretor e instrutor do Curso de E-commerce

Conheça o Guia de E-commerce

Salvar

Salvar

No votes yet.
Please wait...

3 COMENTÁRIOS

  1. Um investimento de risco eu acho. É bom que uma pessoa que opte por isso, tenha uma pessoa experiente no assunto para não investir e não saber como por sua loja na briga no motores de busca.

  2. Artigo excelente.

    Um ponto que achei muito interessante ter citado aqui no artigo é o fato de que é necessário planejar o custo operacional, o custo das divulgações juntamente com a plataforma e ferramentas. Se tudo for bem planejado no início, as chances de sucesso são maiores, pois muitas pessoas se iludem com o fato de que o site só preicisa estar funcionando e pronto, os clientes irão vir por si só.

    É preciso também um bom investimento na divulgação.

    Abraços.

DEIXE UMA RESPOSTA