Qual é a melhor maneira de escolher uma franquia? Veja neste artigo um roteiro simples e muito bem elaborado sobre quais são os elementos e decisões que devem ser levadas em conta na hora de se buscar a melhor franquia para iniciar seu negócio próprio.
Qual é a melhor maneira de escolher uma franquia? Veja neste artigo um roteiro simples e muito bem elaborado sobre quais são os elementos e decisões que devem ser levadas em conta na hora de se buscar a melhor franquia para iniciar seu negócio próprio.

A melhor maneira de escolher uma franquia

Você sabe qual a melhor maneira de escolher uma franquia? Neste artigo você verá um roteiro extremamente simples e objetivo para ajudar a vencer este desafio, que certamente está a sendo analisado por diversos empreendedores.

Você pensa em empreender e decidiu que as franquias são a sua melhor opção. Mas com tantas opções de setores e redes de franquias, a decisão de qual franquia escolher não é fácil.

Uma decisão importante como esta não pode ser tomada com base apenas na sua intuição ou na sua paixão por determinado produto ou serviço. Como diz Daniel Kahneman em seu livro Rápido e Devagar: Duas Formas de Pensar, esta parte do cérebro é responsável por tudo que é processado automaticamente e sobre a qual você não tem controle.

Nos casos em que a pessoa tem muita experiência em determinada atividade, como um mestre de xadrez por exemplo, a probabilidade da decisão ser correta é alta.

Agora, se esta é a primeira vez que você vai escolher uma franquia, existe uma chance muita alta de que você se deixe influenciar sobre a história de sucesso que você leu em determinada revista. Ou deixar que a sua decisão seja negativamente influenciada pela história de fracasso de um amigo com determinada franquia.

Assim, a decisão de escolher uma franquia deve ser tomada pela parte do cérebro que é responsável pelo pensamento mais complexo, que demanda mais esforço. E, para garantir que isso ocorra, a melhor estratégia é você seguir um processo bem definido.

O processo sugerido divide a busca da franquia em duas partes. A primeira, descrita neste artigo, é selecionar os setores que mais se adequam ao seu perfil e às oportunidades de mercado que sugerimos que seja complementada com a leitura do artigo Melhores Setores Para Abrir Uma Franquia.

A segunda parte desse roteiro sobre a melhor maneira de escolher uma franquia, que você pode achar algumas dicas neste outro artigo, é achar as melhores franquias dentro dos setores pré-selecionados.

Processo de selecionar setores para franquias em 4 passos:

Levantamento de setores e busca de informações

Qual a melhor forma para escolher uma franquia? Veja as dicas.Como você vai tomar uma decisão consciente se você nem sabe todas as opções disponíveis? Então o primeiro passo é levantar todos os setores que possuem franquias.

Você pode começar aqui mesmo no Empreendedores Web, na seção de artigos dedicados a franquias e complementar com o site da ABF. Se você lembrar de algum outro setor, você pode pesquisar facilmente na internet. Faça uma lista com todos os setores.

Aproveite para buscar mais informações sobre os setores. Isto vai te ajudar na avaliação do casamento entre o seu perfil e o do negócio. Algumas franquias funcionam melhor em shopping centers e, neste caso, você precisa ter disponibilidade de acompanhar o negócio 7 dias por semana, 12 horas por dia.

Anote as características importantes de cada setor. Isto vai te ajudar a entender melhor se você vai realmente gostar de administrar um negócio no setor ou se apenas gosta do produto.

Outro ponto importante a considerar é o investimento necessário. Existem alguns setores que exigem valores mais significativos de capital e outros que podem ser feitos de casa.

Vale a pena já começar a pensar na concorrência. Existem outras empresas que fornecem o mesmo serviço ou produto? Qual a avaliação dos clientes sobre elas?

Neste ponto você já será capaz de eliminar alguns setores. No caso, por exemplo, dos investimentos necessários estarem muito acima do seu capital. Ou se você preferir continuar como empregado a ter que enfrentar a rotina de shopping center. Exclua aqueles em que você não se vê fazendo todo dia.

Definição de prazos e responsáveis

A definição de prazos é importante para você se programar e definir prioridades. Além disso, a ausência de prazos pode levar à inércia. São muitos os casos de pessoas que ficam anos à espera da franquia ideal…

Por outro lado, se esta vai ser uma decisão que vai comprometer grande parte do seu patrimônio pelos próximos anos, melhor gastar alguns meses a mais antes de tomar a decisão do que se arrepender por vários anos à frente.

Como a decisão de investir em uma franquia vai interferir de maneira relevante na sua vida, seja nas finanças ou nos seus horários livres, é importante incluir as pessoas que serão afetadas no seu processo de decisão.

A responsabilidade ainda será sua, mas discutir a questão com as outras pessoas melhorará a sua decisão e trará um senso maior de fazer parte do projeto quando acontecerem imprevistos no futuro.

Identificar e refletir sobre os aspectos na gestão do negócio

O próximo passo é identificar os aspectos importantes na gestão do negócio no futuro. Um bom ponto de partida é o próprio site das empresas. Muitas franquias descrevem qual o tipo de franqueado que elas buscam, quais as características e habilidades importantes.

Mas esta pesquisa online não é suficiente. Visite lojas, teste os serviços, converse com pessoas que administrem o negócio que você está estudando. Tudo é válido para te ajudar a formar uma melhor opinião sobre a rotina e desafios de cada setor.

Quando for pesquisar, tenha em mente todos os aspectos do negócio, como nos exemplos abaixo. Mas não se restrinja a eles. Se tiver algo que você também considere importante, coloque na sua lista de perguntas.

  • Na parte financeira, como são geralmente os retornos neste setor? Quanto tempo demorará para eu ter retorno do investimento ou para o negócio começar a ter lucro?
  • Na parte comercial, como é o reconhecimento da marca? O produto se vende sozinho ou precisará de um grande esforço meu? Existem muitos concorrentes na região?
  • Na parte de gestão, qual a complexidade da gestão de pessoas? Qual o nível exigido de qualificação dos funcionários? Tenho as competências necessárias para gerir os processos? Qual a dedicação que o negócio exigirá?
  • Na parte dos produtos, qual a minha identificação com o serviço ou produtos vendidos?

Cada pessoa valoriza diferentes aspectos com diferentes pesos. Uma pessoa pode descartar um setor que tenha uma rentabilidade mais alta caso o produto não seja condizente com os seus valores. Uma rede de fast food não se encaixa no perfil de uma pessoa que se importe muito com comida saudável, por exemplo.

Ponderar cada setor

Com as informações levantadas nas etapas anteriores, agora você pode avaliar e comparar os setores.

Primeiro você deve escolher os aspectos que julga mais importantes e colocar a sua importância relativa (em uma escala de 1 a 10). Exemplos são: identificação com marca/produto, nível de dedicação, concorrência, número de funcionários, valor do investimento, conhecimento prévio do setor, etc.

Na sequência, para cada setor, você distribui os aspectos em pontos positivos ou negativos. Sempre quando for analisar, compare as alternativas. Não adianta colocar o nível de dedicação como ponto negativo em todos os setores se a base de comparação for com o seu sonho de trabalhar 12 horas por semana.

Digamos que uma franquia de escola de idiomas está entre os setores pré-selecionados. Você gosta muito de ensinar, então a identificação com o produto será um ponto positivo. Você não gostaria de trabalhar todos os domingos, mas não liga de trabalhar à noite, então o nível de dedicação será um ponto positivo.

Por outro lado, para montar uma escola de idiomas, você vai ter que comprometer uma grande parte das suas economias, então este será um ponto negativo. O número de funcionários também é elevado e você não tem experiência em gestão de pessoas, então é um ponto negativo frente a outros setores. Continue a análise até terminar todos os aspectos em todos os setores.

Qual a melhor forma de escolher uma franquia

Ao final, os setores mais adequados ao seu perfil serão aqueles com maior saldo de pontos positivos menos negativos. Esta é certamente a melhor maneira de escolher uma franquia de sucesso.

Caso você ache necessário, volte aos passos seguintes e complemente a sua pesquisa. Lembre-se que este é um momento de exploração, no qual você deve buscar mais e melhores informações para tomar uma decisão mais consciente. Não se apaixone por um produto e tome a decisão sem considerar todos os aspectos.

Depois de terminar todas as etapas, você terá de maneira mais clara e metódica quais os setores em que você deve se aprofundar. Escolha ao menos dois e prossiga à próxima etapa, que será a avaliação das melhores redes de franquias para o seu perfil dentro deste setores.

Com essas dicas sobre a melhor maneira de escolher uma franquia, o que acha de começar a aplicar esta metodologia ao seu projeto? Mantenha-se atualizado sobre este e outros assuntos relativos a franquias, assinando nosso Boletim Informativo.

Por Alexandre C., fundador do FranquiaLab

No votes yet.
Please wait...

DEIXE UMA RESPOSTA