Veja neste artigo como manter seu negócio em evidência em tempos de crise e, ainda por cima, conseguir consolidar a imagem de sua empresa. Um desafio que não é para poucos, mas que contando com um bom suporte técnico é possível de ser vencido.
Veja neste artigo como manter seu negócio em evidência em tempos de crise e, ainda por cima, conseguir consolidar a imagem de sua empresa. Um desafio que não é para poucos, mas que contando com um bom suporte técnico é possível de ser vencido.

Como manter seu negócio em evidência em tempos de crise e ainda consolidar a imagem de sua empresa

O desafio de manter o seu negócio em evidência em tempos de crise e ainda por cima, consolidar a imagem da sua empresa não é tarefa nada fácil, mas também não é impossível.

É momento de se reinventar, reinventar seu negócio para que o público consumidor (acredite ele existe e sempre existirá), preste atenção em você e faça a escolha por seus serviços ou produtos.

Desmotivar, esconder-se, cortar todas as despesas e pior, cortar os investimentos em comunicação é o caminho para o fim.

Não, eu não sou pessimista, sou otimista demais e tenho certeza de que nós todos iremos superar juntos a “malvada” crise – basta ter um pouco de visão estratégica do seu negócio e confiar em profissionais experientes.

Veja abaixo algumas dicas para que o crescimento contínuo faça parte do dia a dia de sua empresa e para que ela permaneça em evidência como referencia em seu segmento:

  1. Alinhe, crie ou simplesmente incorpore a missão, visão e valores da empresa – isso servirá como norte em momentos de tormenta;
  1. Reconheça o seu operacional e faça uma avaliação clara de seus processos e sistemas – crise é momento de mudanças, mas não de andar pra trás!
  2. Promova encontros semanais com suas equipes estratégicas, motive, envolva, faça de cada funcionário um colaborador eficiente nessa batalha – todos estamos juntos;
  3. Defina, remexa, redefina o foco de sua comunicação, mas, não pare de se comunicar;
  4. Separe o budget, redefina, reorganize a verba para seu plano anual de comunicação integrada – se não tem um plano faça – isto é investimento na sua marca;
  5. Planejamento, criação, veiculação de campanhas promocionais, materiais institucionais e peças publicitárias, mídias, enfim tudo isso deve continuar presente no seu dia a dia – apenas reorganize peças, prazos, valores – todos os seus fornecedores estão dispostos a negociar – mas, por favor, respeite os limites para as duas partes;
  6. Analise e mensure resultados para as mídias e veículos de comunicação onde você já investiu ou pretende investir – uma simples pesquisa de boca de caixa pode te direcionar;
  7. Gerencie os fornecedores – cobre, levante três orçamentos, negocie e consolide as relações custo/benefício mais importantes e satisfatórias para sua empresa;
  8. Mantenha, cuide e gerencie sua presença  online, muita gente esta disposta a acabar com sua reputação através delas;
  9. Controle, acompanhe, verifique prazos, atendimento  e qualidade em seus produtos ou serviços.
  10. Por fim e não menos importante, seja parceiro de uma empresa que te ofereça comunicação de forma integrada – você sabe como isso funciona? Essa é outra conversa, fica pra próxima!

Por Cassia Gargantini, proprietária Gargantini Comunicação Empresarial

No votes yet.
Please wait...

DEIXE UMA RESPOSTA