Os erros em planos de negócios – Veja quais são os mais comuns

Alguns erros em planos de negócios são impressionantemente recorrentes. Pior ainda, são recorrentemente prejudiciais e não raramente catastróficos.

Como consultores nos deparamos com planos de negócios dos mais diversos tipos e para negócios das mais diversas naturezas. O interessante, é que não importa o segmento, os erros parecem se repetir.

Por isso, listamos abaixo alguns dos erros em planos de negócios que julgamos mais comuns e damos algumas dicas de como evitá-los.

Falta de um objetivo claro e específico

Não há um objetivo estabelecido para o negócio. Não existem metas de vendas, não há uma visão clara do futuro do negócio, existem poucas evidências de uma estratégia por trás do negócio.

Bons planos de negócios definem explicitamente quanto de vendas pretende atingir depois de certo período de tempo ou quanto do mercado pretende alcançar.

As declarações de visão não devem se limitar a clichês sem sentido nem significado para o negócio e  as metas são mensuráveis, específicas, atingíveis e relevantes.

Concorrência subestimada

Uma das expressões mais comuns nos planos de negócios que eu recebo é “Nosso produto/serviço é tão inovador que não temos concorrentes”.

Muito cuidado com esta afirmação, pois você pode até não ter concorrentes diretos, mas sempre haverá produtos ou serviços substitutos ao seu.

A pergunta que você deve fazer é “Se meu produto/serviço não existisse, de que forma o cliente teria sua necessidade atendida?”. Aí está o seu concorrente que você deve tratar no seu plano de negócio.

Projeções financeiras irreais

Esse é outro dos erros em planos de negócios muito comum. Planilhas financeiras apresentam frequentemente números inflados para parecer melhor do que realmente seriam.

Na ânsia de apresentar um negócio inquestionavelmente viável, o empreendedor acaba caindo na tentação de ser otimista demais nas projeções de vendas ou faturamento ou de subestimar despesas e custos.

Ao estimar os cenários, até no cenário pessimista o negócio dá lucro. Por melhor que seja o negócio, se o leitor levantar dúvidas sobre os números, todo o negócio perde credibilidade.

Planilhas financeiras incompletas

Este tem sido o verdadeiro calcanhar de Aquiles dos planos de negócios: o plano financeiro. Provavelmente porque quem não tem formação em Administração ou similar não compreende os fundamentos por trás desta parte do plano de negócio e acaba trazendo planos incompletos.

São planos de negócios sem descrição de fonte de capital, sem projeção de cenários, sem cálculo do ponto de equilíbrio, sem demonstração de fluxo de caixa, sem a necessidade de capital de giro ou sem cálculo de VPL, TIR ou payback.

Principais erros em um plano de negócios

Dificuldade de demonstrar vantagem competitiva

Muitas vezes, o empreendedor tem um bom negócio nas mãos, mas não consegue descrever sua ideia no papel ou, pior, acha que tem um grande negócio, porém não demonstra nada de diferente do que existe no mercado.

Este tipo de erro é típico de quem não estudou adequadamente o mercado nem o concorrente, deixando a emoção cegar-lhe a visão real do diferencial efetivo de seu produto/serviço.

Ainda pode acontecer do diferencial que existe não ter seu valor percebido pelo mercado alvo.

Erros de gramática e concordância

Se o leitor não entender o que está escrito, a melhor ideia de negócio pode acabar no lixo. Saber se expressar na forma escrita vai além dos erros de gramática, digitação, pontuação, acentuação, concordância ou sintaxe.

O texto precisa estar ordenado de uma forma que faça sentido para quem está lendo, organizado de forma a construir a ideia do negócio na cabeça do leitor, caso contrário, é melhor pedir para um professor de português rever e corrigir o texto.

Erros desta natureza dizem muito a respeito do empreendedor. Por isso na hora de fazer um plano de negócios, dê também atenção a parte da gramática. Ajuda bastante.

Informações irrelevantes

É comum recebermos alguns planos de negócios com páginas e páginas de descrição minuciosa do setor totalmente baseado em dados secundários de domínio público, ou informações como registro de domínio, de CNPJ, cadastro na junta comercial, cópias do contrato social e vistoria do corpo de bombeiros.

Tudo isso é absolutamente desnecessário, pois todo negócio precisa. O Plano de negócios precisa conter dados relevantes do negócio em si, informações que ajudarão a compreender a viabilidade da ideia, caso contrário, o leitor se desinteressa e desiste de ler.

Maiores erros na elaboração de um plano de negócios

Falta de conhecimento do negócio ou de gestão

Quando o plano é muito superficial, que abusa de expressões vagas e clichês, do tipo ‘produtos de alta qualidade’, ‘equipe muito bem treinada’ ou ‘só os principais fornecedores do mercado’, dificilmente consigo ler o plano inteiro, pois é evidente que o empreendedor não conhece o negócio ou técnicas de gestão.

Bons planos de negócios são específicos, sem entrar em jargões técnicos ou prolixos. Se o empreendedor não tem um bom currículo para apresentar, precisa compensar com um bom e experiente conselho consultivo.

Falta de evidências de demanda real

É muito difícil encontrar um plano que demonstre que os números estimados de vendas e faturamento não são chutados. São poucos os que conseguem escrever um plano de marketing que dê credibilidade e sustentabilidade às projeções.

O preço deve estar dentro da prática do mercado e acima do custo unitário, as vendas precisam ser coerentes com as pesquisas de mercado, capacidade de produção e logística de distribuição, além de compatíveis com os canais de venda e a estratégia de comunicação e publicidade.

Ausência de riscos

Este talvez seja o erro mais comum de todos. Nenhum empreendedor quer se expor e falar o que pode dar de errado em sua ideia de negócio, mas é um item necessário.

Não dou credibilidade para nenhum empreendedor que diga que seu plano é perfeito e que tudo vai correr dentro do planejado. Se você não enxerga riscos no negócio então é um mau empreendedor.

Você deve sim tentar imaginar os pontos fracos de sua ideia para que possa incluir no plano de negócios uma estratégia de ações alternativas, um plano ‘B’.

Existem outros erros comuns em planos de negócios. Citei os mais comuns e graves. Oportunamente, mencionarei outros, e não são poucos.

Para evitar estes erros, procure sempre um especialista, um novo negócio é o sonho de muitos empreendedores.

Montar um plano de negócios exige muita pesquisa e cuidado na elaboração deste documento. Por isso, recomendamos a leitura do artigo abaixo:

Como fazer um plano de negócios

Não arrisque seu sonho por achar que pode escrever seu plano de negócios sozinho e sem formação, pois pode acabar queimando cartuchos importantes para viabilizar sua ideia.

Agora que você já conhece os principais erros em planos de negócios, é apenas uma questão de ficar atento e não cometê-los. Mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

Erros em planos de negócios
2.5 (50%) 4 votos