PUBLICIDADE

 

Dicas para montar uma lanchonete

 

Dicas para montar uma lanchonete

Nossa série de artigos sobre dicas para montar uma lanchonete continua. Dessa vez falamos sobre alguns cuidados a serem tomados com as instalações de uma lanchonete.

São detalhes que podem passar desapercebidos para o novo empresário, mas que para quem já é do setor de lanchonetes, são fundamentais.

O ambiente da sua lanchonete pode ter a melhor decoração do mundo, mas sem uma cozinha funcional e garçons bem preparados isso não vale de nada. Em uma lanchonete de sucesso, os clientes voltam pelo prato que chega corretamente, na temperatura ideal e bem preparado.

Para ajudar na missão de ter uma lanchonete bem montada, Mario Eduardo Gorski, sócio da Lanchonete da Cidade, dá dicas preciosas para a reforma do ponto comercial.

“É muito comum o arquiteto conhecer a parte decorativa. Essas questões de retaguarda são para um profissional especializado”, diz Gorski.

Os segredos da cozinha de uma lanchonete

Veja algumas dicas sobre como montar uma lanchonete
Veja algumas dicas sobre como montar uma lanchonete

O mais importante na cozinha de uma lanchonete é ter fluxos de trabalho organizados. Pratos frios e frituras, por exemplos, não devem ficar muito próximos.

Se você planeja construir um balcão, pense na altura das cadeiras e na posição que o cliente ocupa quando come neste local.

Outro fator essencial é como o lanche sai da cozinha. “A saída da cozinha tem que ser bem próxima das mesas”, explica.

Na hora de dispor as mesas no salão, deixe corredores para que os garçons possam chegar às suas praças com mais facilidade e sem atrapalhar ninguém. Clique as fotos e veja outras dicas para reformar sua lanchonete.

  1. Estude todos os processos e fluxos para que eles possam convergir para um único ponto chamado de boqueta ou saída da cozinha. Se você faz hambúrguer e batata frita para um mesmo pedido, os dois devem chegar juntos sem se cruzar na cozinha.
  2. Evite deixar a área fria, para saladas e sobremesas, próxima da fritura. A louça suja e o lixo não podem atravessar a cozinha e precisam fazer um caminho paralelo para levar as peças já limpas.
  3. A saída da cozinha tem que ser bem próxima das mesas. Quanto mais andar no salão, mais o lanche e as bebidas perdem qualidade.
  4. O balcão é uma variável da mesa. Ele deve ser pensado para ter uma altura de 1,10 metro, com banquetas altas e uma forma que projete o cliente para frente. É bom ter uma saída da cozinha para atender especificamente esta área.
  5. O garçom deve ter fácil acesso a itens como saleiro, guardanapo e talheres. Quando o cliente pedir, ele chega o mais rápido possível.
  6. No salão, existem corredores, que o cliente não vê, mas o garçom já conhece para que o pedido chegue mais rápido. Divida o salão em praças de quatro ou cinco mesas para cada garçom.

Como você pode ver, existem alguns segredos sobre como montar uma lanchonete que apenas empresários experientes podem nos passar.

Outra opção para quem deseja montar uma lanchonete são as franquias. O setor de franquias de alimentação é um dos mais fortes no franchising brasileiro e você neste caso, conta com a vantagem da transferência de know how do franqueador.

Mantenha-se em dia com outras dicas para montar uma lanchonete e assuntos relacionados ao setor assinando a nossa Newsletter.

 

CPT - Centro de Produções Técnicas

Dicas para montar uma lanchonete
3.3 (66.67%) 6 votos

você pode gostar também