Veja como validar uma ideia de negócio. Não é pelo fato de você achar que uma determinada ideia é genial que ela necessariamente o seja. É importante passar por um processo de validação da ideia antes de se jogar de corpo e alma em um projeto.
Veja como validar uma ideia de negócio. Não é pelo fato de você achar que uma determinada ideia é genial que ela necessariamente o seja. É importante passar por um processo de validação da ideia antes de se jogar de corpo e alma em um projeto.

Como validar uma ideia de negócio – Veja um modelo simples e eficiente

Qual o empreendedor que nunca se perguntou sobre como validar uma ideia de negócio. Por vezes temos uma ótima ideia de negócio e fica aquela eterna dúvida: Será que isso tem chances de dar certo? Como é que posso validar essa ideia de negócio.

A questão de como validar uma ideia de negócio é a pergunta que surge logo após aquele grande estalo, o lampejo de genialidade empreendedora, e as vezes fica na nossa cabeça ou um esboço no computador e a gente vai deixando de lado até que um dia descobre que alguém colocou ela em prática e foi um sucesso.

Na maioria das vezes paramos porque a perspectiva de trazer essa ideia para o mercado parece assustadora ou arriscada, mas isso pode ser solucionado tomando-se algumas providências simples e baratas.

Se você validar a sua ideia, ou seja, provar que ela tem valor para além do guardanapo de bar no qual ele está rabiscada, o processo a seguir vai deixar esse desafio bem mais fácil de ser vencido.

Algumas dicas para validar uma ideia de negócio

Para que você não morra na dúvida ou se entregue a um negócio perdedor, por puro entusiasmo, aqui estão algumas coisas a considerar na próxima vez que você tiver uma grande ideia de negócio.

Avalie friamente a sua ideia

Como validar uma ideia de negócio. Veja um roteiro simples para validação da sua ideia de negócio.
Roteiro para validar uma ideia de negócio

Muitas vezes, quando ouço falar em uma “ideia genial” pego meu celular e, muitas das vezes, em poucos minutos constato que o produto ou serviço “genial” já existe, simplesmente fazendo uma busca no Google.

Por isso, antes mesmo de se envolver mais profundamente em uma ideia, faça uma pesquisa minuciosa para descobrir se alguém já não pensou nisso antes. Se isso tiver acontecido, não desista de imediato.

Muitas vezes é possível melhorar uma coisa já existente ou então agregar valor a ela de forma a criar um diferencial em relação ao que já existe. Será que o mercado está satisfeito com o que é oferecido atualmente?

Se a sua ideia pode fazer a diferença, passe então para a próxima etapa.

Busque um feedback

Converse com outras pessoas sobre sua ideia, para ver o que elas acham, especialmente as pessoas que você confia e nas quais reconhece um com critério de avaliação. Nesta fase, o que você realmente quer é um feedback honesto e não apoio incondicional apenas para agradar.

Ouvidas as opiniões, como foi que a sua ideia se saiu? As pessoas gostaram, acham que tem chances de dar certo, ou você é o único ser na face do planeta que acha ela boa? Se esse for o caso, talvez seja melhor reavaliar.

Construaum MPV

Se a sua ideia parece boa e passou pelo teste de avaliação das outras pessoas, é então chegada a fase de construir um MPV – Mínimo Produto Viável, para ver se é é esse o produto que você imaginou e se as outras pessoas vão realmente querer consumir.

Crie um protótipo que seja o mais próximo possível do produto ou serviço que você deseja oferecer e teste-o em situações reais de consumo. Se o seu MPV passar pelo teste de uso com você e outras pessoas, vá em frente, mas se ele se revelar um fracasso, pare por aqui.

Comece a construir a sua identidade

Os métodos para validar uma ideia de negócioSe correu tudo bem com os testes do seu MPV e ao que parece você está diante de uma ideia vencedora, é hora então de por a mão na massa.

Em um mundo dinâmico como o em que vivemos, uma ideia que pode ser genial hoje, pode se tornar totalmente obsoleta em pouco tempo. Por isso é preciso agir rápido.

Neste ponto, alguns empreendedores temem que a exposição da sua ideia para o mercado possa levar alguém a roubá-la ou passá-la para alguém.

Essa preocupação procede, principalmente em se tratando de Brasil, onde infelizmente nível ético de alguns “profissionais” é bem rasteirinho. Não generalizo é claro, mas você sabe muito bem do que eu estou falando.

Se a sua ideia é baseada em uma nova tecnologia, o primeiro passo é resguardar sua propriedade, tomando as medidas legais aplicáveis ao caso, como registro de marcas e patentes, para evitar o plágio ou cópia.

Em seguida, comece a construir a sua marca com um nome atraente e de alto poder de comunicação. Saia do lugar comum e comece a criar o diferencial do seu produto ou serviço, pelo próprio nome.

Em seguida, registre o domínio do site do seu produto ou serviço na FAPESP, para garantir a propriedade do endereço digital. Faça o mesmo nas redes sociais, criando perfis identificados com a sua marca para depois não passar pela desagradável situação de constatar que o perfil já está tomado.

Crie um plano de aquisição de clientes

Entra aqui uma inversão que muita gente pode até estranhar. Antes mesmo de criar um plano de negócios e começar a detalhar de forma mais minuciosa o seu projeto, elabore um plano básico de aquisição de clientes. Deixe o plano de negócios para uma segunda etapa.

Essa inversão é importante até mesmo para se ter uma ideia de quanto será necessário investir para a divulgação do negócio, um item fundamental para a sua estrutura de custos nos dias de hoje.

Você pode ter o melhor plano de negócios do mundo, mas sem clientes, o seu negócio não é nada. Ter uma estratégia e um plano de marketing é essencial para o sucesso do negócio, até mesmo para a obtenção de investidores para financiar a sua empreitada, ou parceiros comerciais.

Não se iluda com a história de que não faltarão clientes para uma boa ideia. Se ela não conseguir ser percebida como um bom produto ou serviço, será muito difícil ter sucesso com o negócio.

Se você estava em dúvida sobre como validar uma ideia de negócio, fica aqui a dica. Na próxima vez que um lampejo de genialidade aparecer, você já sabe qual o caminho.

No votes yet.
Please wait...

10 COMENTÁRIOS

  1. Comentário:estou comecando agora,nao sei bem por onde comecar ,mas seu artigo me tranquilizou muito.obrigada!

  2. Muito interessante esta abordagem deste artigo sobre como validar uma ideia de negócio. Neste momento de crise que o nossa pais está passando precisamos ser criativos e colocar nossas ideias para funcionar.

  3. Exelente material, muito bem abordado.E com ótimas dicas dadas pelo leitor Manasses Moraes.Através deste material pude melhorar minha percepção de empreendedorismo.Obrigado a todos!

  4. Muito bom, fiz tudo certo mesmo antes de ver esta matéria, infelizmente parei no plano de aquisição. queria mais passos a seguir… Mas gostei de ter mais um.

  5. Excelente trabalho… Muito obrigado pelas valiosas informações…

  6. Olá Gostei muito do seu artigo ,será muito util para mim que estou começando

  7. Putz bacana muito legal o post … Estou pensando em montar uma micro distribuidora de cortes de frango marinados, por ser uma coisas q nunca vir muitos fazerem eu me ânimo mas fico meio que com medo por não ter experiência com administração e tal :©

  8. Boas dicas.
    No caso de empreendedores super criativos que naturalmente cospem ideias todo dia, é legal fazer uma lista de prioridade para reciclar as ideias e validar somente as melhores ou a melhor delas. Porém, nunca ignorar uma nova ideia, por mais boba que ela possa parecer é sempre bom anotar e registrar. No futuro ela poderá ser o pulo do gato!

DEIXE UMA RESPOSTA