Veja quais são as principais características de um bom negócio em tempos de crise e faça a sua opção reduzindo riscos e aumentando suas chances de sucesso.
Veja quais são as principais características de um bom negócio em tempos de crise e faça a sua opção reduzindo riscos e aumentando suas chances de sucesso.

Características de um bom negócio em tempos de crise

Se você está pensando em abrir um negócio próprio em meio ao furacão que se abate sobre nossa economia, é importante conhecer as características de um bom negócio em tempos de crise, pois isso irá reduzir em muito suas chances de se ver em problemas.

A crise econômica está aí e com exceção do Governo, todos já perceberam a dimensão do problema. Mesmo assim, sabemos que mesmo em tempo de turbulências econômicas, existem excelentes oportunidades de negócios, que em outras situações talvez não existissem.

Nesta matéria fizemos um apanhado das principais características de um bom negócio em tempos de crise para ajudar você na hora de escolher onde e quando investir. São dicas simples sobre gestão financeira, exposição ao risco e análise de negócios que ajudarão você a escolher as opções mais seguras e lucrativas. Confira abaixo.

Quais são as principais características de um bom negócio em tempos de crise

Abrir um negócio sempre envolve riscos e muito jogo de cintura, mas abrir um negócio em tempos de turbulência na economia, joga essa verdadeira “arte” para uma nova dimensão.

Listamos abaixo as principais características de um negócio com chances de sucesso mesmo em tempos de crise na economia:

  • Pouco capital inicial
  • Capital de giro baixo
  • Baixo volume de estoques
  • Baixo valor agregado
  • Escalabilidade
  • Marketing de baixo custo
  • Liquidez imediata de máquinas e equipamentos

Vejamos abaixo os motivos para você dar preferência a opções de negócios com este perfil.

Pouco capital inicial

Na situação atual da economia brasileira, cercada de dúvidas em relação ao futuro, investir uma alta quantia de dinheiro em um determinado negócio, pode ser arriscado e em muitas situações o empreendedor não dispõem mesmo deste volume de dinheiro.

Uma das principais características de um bom negócio em tempos de crise, principalmente para quem perdeu o emprego e decidiu empreender é manter o investimento inicial no menor nível possível.

Capital de giro baixo

Essa é uma característica essencial para o seu futuro negócio, principalmente em um cenário de taxas de juros estratosféricas como estamos vivendo aqui no Brasil. Depender de um capital de giro alto é abrir a porta para problemas.

Para manter esse volume de dinheiro em níveis bem baixos, busque trabalhar com fornecedores que ofereçam bons prazos de pagamento, justamente para não afetar seu fluxo de caixa e expor o negócio a crises de liquidez.

Baixo volume de estoques

Características de um bom negócio em tempos de crise
Características de um bom negócio em tempos de crise

Na mesma linha da fuga das taxas de juros elevados, trabalhar com um produto que não exija a manutenção de elevados níveis de estoque, justamente para não ter que arcar com os custos financeiros desses produtos estocados, tanto na etapa de produção quanto na de distribuição.

Tente recorrer a fornecedores que ofereçam entrega rápida, de preferência no modelo Just In Time, justamente para não ter que bancar sozinho o custo de estocagem. Com as taxas de juros atuais, as vezes o custo de logística é inferior à taxa de juros praticada pelo mercado.

Baixo valor agregado

Para manter um bom fluxo de caixa é preciso ter dinheiro na mão e para isso é preciso vender muito e rápido. Por isso, dê preferência a negócios em que o produto apresente um baixo valor agregado, justamente para ganhar volume de vendas.

Uma das características dos setores que estão sendo menos atingidos pela crise atual, como beleza, reparos e alimentação, é justamente trabalharem com produtos e serviços que não custam muito caro. O segredo do negócio é Giro.

Escalabilidade

Outra característica de um bom negócio em tempos de crise é a escalabilidade, ou seja, a capacidade de aumentas ou reduzir a produção facilmente, se adequando à demanda do mercado. O segredo é manter o ponto de equilíbrio do negócio no ponto mais baixo possível.

Uma das características das crises econômicas é a volatilidade da demanda. Por isso, fuja de negócios que para se manterem funcionando precisam de uma produção é um nível constante, ou seja, que tem um ponto de equilíbrio muito sensível às variações de venda.

Marketing de baixo custo

Outro macete para sobreviver em tempos de crise é anunciar muito, mas manter esse marketing pode sair muito caro, dependendo do canal que você utilizar. Portanto, definir uma estratégia de marketing de baixo custo é fundamental.

A melhor opção neste caso é partir para o marketing digital, que embora também tenha custos, esses são bem menores que os do marketing convencional. As redes sociais, por exemplo, dependendo do segmento, podem ser grandes aliadas de venda a têm um baixo custo.

Liquidez imediata de máquinas e equipamentos

Ninguém está a salvo de infortúnios, por isso até mesmo a hipótese de quebrar ou encerramento voluntário do negócio precisa ser levada em consideração e nesse caso, podemos também garantir um final menos traumático.

Opte por negócios que em caso de encerramento de atividades, você tenha uma boa liquidez para máquinas e equipamentos. Se você puder vender esses ativos com facilidade, poderá pagar com mais facilidade credores e ainda salvar um dinheiro no final das contas.

Agora que você já tem as principais diretrizes para identificar as principais características de um bom negócio em tempos de crise, é apenas uma questão de muita pesquisa e análise para poder escolher o negócio que mais se adapta ao seu perfil. Mantenha-se atualizado sobre essa e outras dicas para abrir seu negócios próprio, assinando nosso Boletim Informativo.

No votes yet.
Please wait...

3 COMENTÁRIOS

  1. Excelente matéria. Bons parâmetros de direcionamento para identificar se a ideia de negócio é viável ou não em tempos de crise econômica.

  2. Frase para gravar ” QUANDO O MERCADO ESTÁ BOM TRABALHAMOS MUITO E GUARDAMOS DINHEIRO’; QUANDO O MERCADO FICA RUIM TRABALHAMOS MENOS E GASTAMOS PARTE DO DINHEIRO”

  3. É um ótimo negócio vender coisas usadas e também novas pela internet, seja produtos nacionais ou importados.

DEIXE UMA RESPOSTA